Posso ouvir o vento passar.. LH

É que já não sei rimar. Quando ele me deixou sorrindo e chorando, aquela mistura inédita de sensações me calou. Por dentro e por fora. Aqui no peito bate o coração bem lento, mudo, não faz mais ouvir a sua voz. Quando o coração emudece, definitivamente a razão grita, às vezes só sussura, mas faz um barulho gigante aqui dentro.  Porque o que fala é tão vivo que dói, e mata. E mesmo que tape (eu e você) os ouvidos aquela razão - verdade aprendida - ecoa e quando nos olhamos os alarmes piscam - Perigo! E baixamos os olhos, e continuamos a andar. Lá fora o vento sopra, mas estamos ambos protegidos, guardados, aquecidos, apesar do frio dentro de nós. Porque aqui, você aponta pro peito e diz, aqui o vento não entra mais. E eu completo: Daqui, aponto para nossos corações, o vento não leva nada. Você repete: Nada. E concluo que não há mesmo o que levar. Que dois vazios não se preenchem, muito menos se transbordam. 
Luana Gabriela
27/04/2010


 Trilha:E como será?
O vento vai dizer
lento o que virá,
e se chover demais,
a gente vai saber,
claro de um trovão,
se alguém depois
sorrir em paz.

Los Hermanos

5 marginálias:

  1. Quando dá pra ouvir a voz da razão é pq já não tem mais nada pra transbordar.
    Ta na hora de procurar brisa quentinha em outro lugar, né Lua? rs

    Anda inspirada, né?

    Beijo!

    ResponderExcluir
  2. o melhor dessa música é que é obre morte

    ResponderExcluir
  3. Los Hermanos é muito bom!
    adoro!
    completando o trecho final da música:
    "... Só de encontrar... Ah!"
    Que você encontre o melhor.
    abraços

    ResponderExcluir
  4. Selinho pra vc, no meu blog =]
    Adoroo o teuu !
    BeijOS

    ResponderExcluir

Faltou açúcar? Quer um verso de creme?

<< >>