No not a trace Of doubt in my mind

"Casal perfeito é o que se separou alguma vez para voltar mais sereno e apaixonado" Capinejar

Te quero de volta. Com a voz em meu ouvido, com o riso solto em meus cabelos, com a boca hidratando minha pele, com o hálito hortelã matando minha sede. Te quero de volta. Para te chamar de meu, para dizer que sou sua. Te quero de volta para ouvir que me ama, para desacreditar, para provar que não foi em vão. Te quero e quero que me queira também. Te quero igual para fazermos diferente do que já fizemos. Te quero para ocupar meu lado esquerdo, para atender teu chamado na sala, para conhecer tua cozinha, jantar discutindo a política nacional, elaborar nossas agendas para caber o filme antes do jogo de futebol.

Te quero de volta para te pedir perdão, para desdizer o não, para ficar em silêncio mesmo morrendo por dentro. Te quero de volta para te contar que decorei teu telefone depois que nos separamos. Para dizer que quero tua companhia no cinema. Teu nome em minha agenda, teus cheiro em meus poemas. Assumo, publicamente, não escondo mais: Te quero de volta. Ainda te amo. Que falhei em te amar comedidamente. Que falhei em te esquecer e só com as lembranças do que vivemos, me apaixonei por você, pela quarta vez. 

Te quero de volta para vestir tua blusa na chuva inesperada. Te quero de volta para que você seque minhas lágrimas com beijos. Te quero de volta para não te deixar mais ir sozinho ao cinema. Para não te deixar mais. Não me deixe também. Não me deixe livre como se não tivesse ninguém, embora eu saiba que agora não há. Te quero de volta para iluminar minha pele, beijar meus dedos, confessar meus medos e desejos. Te quero de volta para gente aprender a amar. Para encontrarmos a nós mesmos nos outros. Te quero de volta para alimentar a parte de mim  que nasceu de ti, contigo. Te quero de volta, ainda que seja como amigo. Contanto que preservemos o riso, que segure minha mão no escuro, que afoguemos nossa solidão em xícaras de café, juntos. 

Te quero de volta para vivermos tudo que ficou para ser vivido e não nos permitimos. Quero viver até o fim definitivo. Falhei na tentativa de provar que esse amor era uma mentira. Não quero falhar numa possível nova tentativa. Te quero de volta pra dizer que não mudou nada, eu não mudei, você não mudou, e ainda é teu nome que ecoa em minha mente quando eu penso em amor. Já esqueci os detalhes do teu rosto,  já esqueci teu cheiro, não demora. Volta antes que eu esqueça teu riso mais bobo. Te quero de volta mesmo sabendo que isso é errado. Não há prova maior de que ainda te amo. 

Luana Gabriela
02/01/2011

13 marginálias:

  1. que perfeição é essa?
    lindo demais; olhos molhados.

    se encaixa perfeitamente comigo e agora. amei!
    parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Que texto emocionante do começo ao fim, e o que eu vou escrever? Se está simplesmente perfeito, estou sem palavras. Completamente lindo!

    ResponderExcluir
  3. Já não sei mais o que é querer alguém de volta...

    Texto lindo!

    Beijo em ti guria.

    ResponderExcluir
  4. Luana, não conhecia seu blog. Cheguei através do "Palavras e Silêncio", da Maria Fernanda. E me encantei. Seus textos são lindos, próximos do que eu costumo chamar de: sentir. Voltarei, com certeza!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. O primeiro passo foi dado, admitir que em algum momento você errou. E amar é perdoar. Querer de volta não é errado. Errar é humano, não se condene por causa disso. Apenas tome cuidado para não errar nas mesmas coisas de novo!

    Beijos, feliz 2011!

    ResponderExcluir
  6. eu simplesmente me apaixonei pelo blog!Seguindo ((:

    ResponderExcluir
  7. E se ele não voltar, é um frouxo! Porque depois de um pedido desses, é impossível não voltar.

    Beijo, Lu!

    ResponderExcluir
  8. Sempre queremos de volta algo que valorizamos ao perder.Bjos.

    ResponderExcluir
  9. Texto muito lindo! Que falou muito por mim..
    adorei e twitter ;)

    ResponderExcluir
  10. Luana que textos lindos!!!
    Fiquei aqui perdida neles!
    Beijos!
    Michelle

    ResponderExcluir
  11. Oi Lu!

    Moça, um ano novo de muita luz, muito amor e muitas palavras pra gente =) Que teu dom e tua doçura continuem nos presenteando. Saúde e arte!

    Meu beijo

    ResponderExcluir
  12. Seu blog e excelente, seus textos também são ótimos, vou tentar me inspirar no seu blog para melhorar o meu, se quiser depois e só da uma olhada o link ta logo a baixo: http://derlandreflexivo.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Faltou açúcar? Quer um verso de creme?

<< >>